O que é endodontia?

A endodontia é o ramo da Odontologia que trata das lesões e doenças da polpa (nervo) e da raiz do dente. Popularmente, endodontia também é chamada de tratamento de canal.

O tratamento consiste na remoção do tecido mole (polpa) que se encontra na parte interna (canal) do dente e pode estar vivo, sadio, inflamado, infectado ou necrosado (morto).

Causas: 

  • Dente quebrado

  • Cárie profunda

  • Dano ao dente, como um trauma forte, seja ele recente ou mais antigo.

Os principais sintomas são:

  • dor intensa no dente;

  • sensação de latejamento;

  • sensibilidade aumentada a meios quentes ou frios;

  • alterações na cor do dente;

  • inchaço local;

  • abscesso gengival recorrente.

  • Apesar desses sintomas serem os mais comuns, nem sempre estão presentes e pacientes sem qualquer queixa também podem necessitar de um tratamento de canal. Por isso, é fundamental realizar visitas periódicas ao dentista.

Estando a polpa infeccionada ou morta, se não for tratada, pode se formar pus na ponta da raiz dentro do osso ,formando um abcesso .O abcesso pode destruir o osso que circunda o dente, causando dor e uma lesão periapical.

Como é feito o tratamento de canal?

O primeiro passo é a abertura do dente para que o dentista tenha um bom acesso à polpa dentária. Nos dentes frontais, essa abertura é feita na parte posterior deles, enquanto nos dentes posteriores, a abertura é feita bem no topo da coroa.

Em seguida, inicia-se um processo de limpeza local, com remoção de todo o material necrosado e desinfecção dos canais dentários. Após a limpeza, o espaço vago é preenchido com um material próprio, denominado guta-percha, que protege e sustenta o dente.

Por último, é realizado um processo estético para restauração da coroa dentária, a parte do dente que fica acima da superfície gengival. Isso pode implicar no uso de materiais de resina para preenchimento de toda a lesão superficial ou mesmo a substituição da coroa antiga por uma prótese ( pino e coroa).

Como não há mais uma polpa viva que mantenha o dente hidratado, os dentes com raiz tratada podem se tornar quebradiços e mais sujeitos à fratura. Este é um importante aspecto a ser levado em conta quando for optar entre uma coroa ou restauração após o tratamento de canal.

Os dentes restaurados podem durar a vida toda quando tratados adequadamente. Devido ao fato de ainda ser possível o aparecimento de cárie em um dente tratado, uma boa higiene bucal e exames dentários regulares se fazem necessários, a fim de evitar problemas futuros.

Trabalho de Endodontia

Para se manter um controle do tratamento de canal é necessário e importante que o paciente faça visitas regulares ao seu Endodontista ,comparando novas radiografias com aquelas tiradas antes do tratamento. Esta comparação mostrará  nos casos de lesões periapicais se o osso continua sendo destruído ou se está sendo regenerado.