Entenda o que é a implantodontia!

Implantodontia é um ramo da odontologia que envolve a inserção de implantes, uma técnica que visa substituir a raiz do dente que esteja perdido ou removido.

Vale ressaltar que o pai da moderna implantodontia não é dentista, mas cirurgião ortopédico. Sendo desenvolvido a partir do ano de 1950 pelo cirurgião sueco Branemark, a implantologia dental consiste na colocação de uma raiz artificial no osso. Hoje em dia, a taxa de sucesso dos implantes dentários é de 95 a 100%.

Tem como objetivo a colocação de um implante de titânio na mandíbula e na maxila, integrado ao osso e destinado a suportar próteses unitárias, parciais e totais.

Ao redor do titânio ocorre a osseointegração que é caracterizada pela formação de tecido ósseo que irá incorporar este material ao organismo. E, é extremamente importante, que o tecido ósseo mantenha-se preservado mesmo quanto o implante dentário seja submetido aos esforços mastigatórios.

A integração óssea deve-se a incapacidade do nosso organismo em detectar o titânio intra-ósseo; devido a suas características bio-inertes (ao se expor ao ar, a superfície do titânio se transforma em óxido de Ti), não acontece a formação de tecido fibroso em volta do implante, permitindo assim o crescimento ósseo ao redor do mesmo, estando em contato íntimo osso e implante.

O descobridor da osseointegração foi o médico sueco Per-Ingvar Brånemark; ao inserir câmaras de titânio na fíbula de coelhos em suas experiências, relatou certa dificuldade na hora de removê-las, ao estudá-las notou a intimidade entre osso e titânio. Bränemark faleceu em 20 de Dezembro de 2014 de complicaçoes relativas a um infarto cardíaco aos 85 anos em Gotemburgo, na Suécia.

É possível melhorar a qualidade de vida com implantes dentários. Eles resolvem problemas como dificuldade de mastigação de alimentos mais duros, substituição de dentadura ou ponte móvel (próteses total e parcial), falta de confiança para sorrir, auto estima, dentre outros.

A evolução da implantologia dentária

As pessoas estavam sempre conscientes da importância dos dentes, que desde os tempos antigos. Os efeitos dos dentes perdidos eram refletidos na saúde geral, mesmo nos tempos mais remotos. Escavações arqueológicas mostraram que os homens tentaram substituir os dentes perdidos por conchas ou pedras, inserindo-os no lugar do dente perdido (algo semelhante ao implante dentário moderno).

A odontologia moderna oferece os Implantes Dentários como a melhor opção para substituir um dente perdido, salvar a falta de um elemento dental. Na nossa Clínica Odontológica temos muito prazer em oferecer a QUALIDADE como um fator de distinção com o alto nível dos materiais utilizados, bem como com o profissional que realiza a cirurgia, colocação e acompanhamento do procedimento do implante.